15 dicas para o melhor desempenho da sua balança

Published on September 01st, 2016

Todo equipamento de medição tem alguns cuidados para que sua vida útil seja prolongada. Confira algumas orientações de como fazer para a balança pesar corretamente por mais tempo, aproveitando mais do sistema e aumentando a produtividade no processo.

1. Superfície

A balança deve operar sobre uma superfície plana, em local com boa iluminação, protegida de resíduos de sujeira como pó, salinidade, restos de alimentos e umidade.

2. Local

Além disto, deve operar em local com ausência de corrente de ar, a fim de se obter estabilidade nas leituras de pesagens, para que o valor indicado não apresente oscilação durante o processo de pesagem.

3. Vibrações

Deve-se evitar ou minimizar vibrações no ambiente, oriundas de máquinas ou outros equipamentos que apresentem trepidação ou ruídos excessivos, que possam interferir no processo de pesagem.

4. Temperatura

Evite a incidência de luz solar diretamente no equipamento de pesagem ou exposição a variações bruscas de temperatura. Verifique sempre os limites de temperatura estipulados no manual do usuário.

5. Nivelamento

A balança deve estar nivelada. Quando não houver um nível acoplado ao equipamento pode ser utilizado um nível do tipo carpinteiro. Os pés do equipamento devem ser ajustados a fim de se obter um correto nivelamento. Não indicamos a utilização de calços e outros instrumentos similares para nivelar a balança.

6. Lacre

Verifique se o lacre não está encostando no prato de pesagem. Se isso ocorrer, posicione-o para baixo, para que o equipamento não apresente uma medição sujeita a erros.

7. Aquecimento

A balança deve ser ligada pelo menos 10 minutos antes de se iniciarem as pesagens para aquecimento do circuito/mecanismo interno. O tempo de pré-aquecimento pode variar de acordo com cada modelo de equipamento.

8. Limpeza

A balança e seu prato de pesagem devem estar limpos e secos, para uma pesagem confiável e livre de erros. Para limpar a balança, utilize um pano seco e macio. Se for necessário remover manchas mais difíceis, utilize um pano levemente umedecido em água e sabão neutro. Nunca use benzina, thinner, álcool ou outros solventes químicos na limpeza da balança.

9. Cuidado no manuseio

Ao iniciar o processo de pesagem, o produto deve ser inserido delicadamente sobre o prato. Após colocar o produto, aguarde a estabilização da leitura. Evite impactos e sobrecargas no prato de pesagem, garantindo o perfeito funcionamento do equipamento por mais tempo.

10. Pesagem centralizada

Posicione a carga a ser medida mais próximo possível do centro do prato de pesagem para evitar erros de excentricidade (erros nos cantos), os quais os equipamentos de pesagem estão sujeitos.

11. Manutenção periódica

A manutenção do equipamento de pesagem deve estar sempre em dia para evitar fraudes e perdas no processo de pesagem, antecipando-se ao problema. As quebras ou mau funcionamento dos equipamentos podem ser evitados/reduzidos através de programas de manutenção preventiva.

12. Conferência constante (calibração)

A conferência do equipamento pelo menos uma vez ao dia utilizando pesos padrão pode evitar possíveis desvios, além de ajudar a identificar o momento certo de acionar a assistência técnica para correção dos erros.

13. Evitar autuações

Lacres rompidos, visor quebrado, falta da plaqueta de identificação, mau funcionamento, etc. Tudo isso pode trazer problemas com a fiscalização e possíveis autuações. Manutenções preventivas e corretivas devem ser feitas somente em oficinas credenciadas pelo Ipem, pois somente técnicos credenciados podem efetuar manutenção nos equipamentos de pesagem.

14. Treinamento

Os operadores devem estar treinados e aptos a operar o equipamento.

15. Confie no manual

Os manuais do usuário são fontes ricas de informações e devem ser lidos antes de operar os equipamentos.

Referências e Sites de Consulta

www.toledobrasil.com.br
www.inmetro.gov.br
www.ipem.sp.gov.br

Comentários

Artigos relacionados

What are you looking for?