Aprenda a fazer a limpeza de uma balança de laboratório

Publicado en 28 de Mayo de 2020

A limpeza de uma balança de laboratório pode ter um impacto direto sobre a qualidade das medições e até mesmo sobre sua vida útil.

Por esse motivo, é fundamental entender como realizar a limpeza. Por outro lado, alguns cuidados precisam ser observados, pois se não for bem executada, a célula de carga ou outros componentes eletrônicos podem ser danificados e colocar em risco o desempenho do equipamento.

Frequência da Limpeza

O ponto de partida do assunto é identificar qual a frequência ideal para limpeza. Não existe uma resposta única, porque depende das seguintes variáveis:

  • Tipo do produto pesado:

Pó, por exemplo, tem características de se acumular em áreas de difícil visualização e requer uma frequência maior de limpeza.

  • Frequência de uso do equipamento: 

Se a balança é usada intensamente, a tendência é sujar mais e por isso a frequência de limpeza também deve ser maior.

  • Risco de contaminação entre componentes:

Se o próximo componente a ser pesado pode ser contaminado pelo componente anterior, a balança deve ser limpa imediatamente após o término da pesagem do primeiro componente.

  • Substâncias tóxicas:

A limpeza deve ser realizada imediatamente após o término da pesagem.

  • Local de instalação:

Se o local de instalação apresentar condições que possam sujar a balança, por exemplo, poeira em suspensão, a frequência de limpeza também deve ser maior.

Procedimento de Limpeza

As etapas a seguir descrevem o procedimento de limpeza válido para todas as balanças de laboratório:

  • Use equipamento de proteção individual (EPI) apropriado;
  • Desligue a balança da energia elétrica;
  • Limpe a área ao redor da balança para evitar contaminação;
  • Desmonte cuidadosamente todas as peças removíveis. Exemplos: vidros da câmara de pesagem (cúpula), prato de pesagem e defletores de vento. Deixe a balança o máximo que puder na posição de operação normal, não a incline para os lados e não a vire de cabeça para baixo. Obs. Se não estiver familiarizado com o equipamento, consulte o manual do usuário para saber como desmontar e montar as peças removíveis;
  • Não desconecte da balança dispositivos periféricos, a menos que a conexão impeça a realização da limpeza.
  • Utilizando uma flanela seca, retire o pó das peças removidas. Nunca assopre ou use ar comprimido, isso pode levar sujeira para dentro da balança;
  • Com um pano limpo, que não solte fiapos, umedecido com água e detergente neutro, remova qualquer material derramado na superfície da balança.

Atenção: Não borrife líquidos diretamente na balança e comece limpando do centro da balança para as bordas e não deixe que qualquer substância entre nas partes internas da balança.

  • Remonte a balança. Certifique-se de que as peças estejam posicionadas corretamente, nivele e ligue a balança.

Após aquecimento (consulte o manual de instruções para obter a recomendação do tempo de aquecimento do fabricante), faça uma verificação/calibração com pesos-padrão. .

Dicas de limpeza por tipo de material

Limpeza de componentes de plástico ABS

Utilize um pano branco (celulose ou algodão) levemente umedecido com água e detergente neutro. Tire o excesso com um pano levemente umedecido com água e deixe secar naturalmente.

Nos casos em que que a contaminação for difícil de remover, utilize um agente de limpeza especial, não abrasivo e que não dissolva plásticos. Faça testes em pequenas superfícies antes.

Limpeza de componentes de vidro

  • Para limpeza de componentes de vidro, algumas recomendações são fundamentais, de acordo com a aplicação;
  • Para sujeira orgânica, utilize primeiro acetona, depois água ou detergente;
  • Para sujeiras que não sejam orgânicas, utilize soluções ácidas diluídas (sais solúveis de ácido clorídrico ou ácido nítrico) ou soluções base (amônia ou de sódio). Para remover ácidos, usar carbonato de sódio para remover base use (ácido mineral de várias concentrações);
  • No caso de contaminação pesada, use uma escova macia para evitar riscos ou arranhões;
  • Nunca mergulhe os vidros em soluções alcalinas, elas podem causar danos a eles;
  • No final do processo de limpeza enxágue usando água corrente primei¬ro, e destilada em seguida;
  • O enxágue é uma etapa necessária do processo de limpeza permitindo remover o sabão, os detergentes e outros produtos de limpeza restantes nos vidros antes de sua reinstalação;
  • Evite secar os vidros usando toalha de papel, ar comprimido ou secadores. O ideal é deixar os componentes de vidro em um rack para secarem naturalmente.

Limpeza de componentes em aço inoxidável

Sempre remova a sujeira usando pano de microfibra para evitar danos ao revestimento protetor.

Evite o uso de produtos de limpeza contendo quaisquer produtos químicos corrosivos, por exemplo, cloro. Em caso de limpeza diária, remova a sujeira usando um pano mergulhado em água morna. Para melhores resultados, adicione um pouco de detergente neutro.

Limpeza de componentes cobertos com pó

Para o estágio preliminar da limpeza utilize uma flanela seca, ou uma esponja com poros largos para retirar o pó. Para completar o procedimento, utilize a água corrente ou uma esponja com poros largos, isto ajudará a remover a sujeira solta.

Em seguida, usando um pano e solução de limpeza (sabão ou detergente neutro de lavar louças) diluídos em água, esfregue suavemente a superfície a ser limpa.

Atenção: não usar limpador sem água, pois pode resultar em danos da superfície, a diluição do produto com água é obrigatória.

Limpeza de componentes em alumínio

Para a limpeza de componentes de alumínio utilizar produtos ácidos por natureza, por exemplo, vinagre, limão. Recomenda-se que se use pano de microfibra.

 

Comentários

Artigos relacionados

¿Qué estás buscando?