Como funcionam e quais são os tipos de balanças para o varejo?

Publicado em 26 de Abril de 2021

Como funcionam e quais são os tipos de balanças para o varejo?

Para evitar a pesagem de forma irregular, que pode gerar problemas para o comerciante durante uma fiscalização, é fundamental saber qual o tipo de balança ideal para cada área da loja, assim como conhecer a legislação que rege o equipamento de pesagem.

A balança é responsável por fornecer informações do produto a ser comercializado. Por isso, as legislações e fiscalizações são rígidas para esses equipamentos de pesagem, pois as informações transmitidas por eles devem ser claras e precisas tanto para o consumidor quanto para o varejista.

Assim sendo, há obrigatoriedade por lei que algumas informações sejam impressas na etiqueta do produto, como: descrição da mercadoria, ingredientes que compõem sua fabricação, tabela nutricional, tara da embalagem, data de validade e da pesagem, preço por unidade de peso e preço a pagar.

Para se obter melhor proveito do equipamento de pesagem, vamos destacar os principais tipos de balança e onde é indicado o uso em sua loja:

Balança Etiquetadora:

Esse é o tipo mais comum de balança usada no varejo. Normalmente, é encontrada em setores como açougue, padaria, hortifruti, peixaria e frios/laticínios. Essas balanças são responsáveis por realizar a pesagem do produto e pela impressão da etiqueta, que deve conter as informações do item já cadastradas na memória do equipamento, os valores de peso e preço obtidos por meio da pesagem. Além disso, tem função importante no processo de venda, pois é responsável por fornecer e imprimir o código de barras que será usado para identificação no software de ponto de venda. Lembre-se que esse tipo de balança ainda pode realizar a rotulagem dos produtos vendidos por unidade, ampliando ainda mais sua utilização.

Balança Checkout:

Essa balança é integrada à frente do caixa, sendo utilizada por alguns supermercadistas para pesar produtos do hortifruti e pães, ou para conferir se a gramatura apresentada não sofreu nenhuma alteração até chegar ao PDV. Seus principais benefícios são: redução do custo com etiqueta, pois as informações são passadas diretamente ao PDV; maior rapidez no atendimento ao cliente, evitando o excesso de filas na loja, entre outros.

Balança Pesadora:

Fornece exclusivamente o peso da mercadoria. Para atender a legislação, o uso dela é obrigatório em estabelecimentos que não possuem ilhas de pesagem, uma vez que o consumidor tem o direito de conferir o peso do produto antes de chegar à frente de caixa. Essa balança também tem aplicação ligada à produção de uma loja, principalmente na padaria, pois é usada para conferir a gramatura das receitas e pesar os ingredientes que serão usados na fabricação de produtos.

Recebimento de Mercadoria:

A função desse equipamento é realizar a conferência dos itens recebidos na loja. No momento de receber uma mercadoria, é possível realizar o confronto do peso total da entrega, seja do palete ou da caixa, com o peso apresentado na nota fiscal, que é referente ao peso dos produtos.

Balança Computadora:

É usada, principalmente, em restaurantes que possuem comandas de papel. Para uma gestão mais automatizada, é necessário que esse equipamento tenha uma saída serial e esteja conectada a uma CPU, cabendo ao software de gestão buscar esses dados e aplicar ao sistema de venda. É importante destacar que as informações de peso, preço por kg e total a pagar não são impressos em etiquetas, se o equipamento não estiver ligado à uma impressora.

Enfim, ter conhecimento específico sobre o uso das balanças é essencial para seguir as normas exigidas por lei e garantir o sucesso do seu negócio. Acesse o site da Toledo do Brasil e saiba mais.

Comentários

Artigos relacionados

O que está buscando?