Why should the load be distributed by axle?

Published on January 06th, 2020

O excesso de peso nos caminhões gera multas, aumenta os custos de manutenção dos veículos, gastos extras com o consumo de combustível, danifica o asfalto das estradas/rodovias, além de aumentar os riscos de acidentes.

Todo caminheiro quando segue viagem e aproxima-se de uma balança fica com um “friozinho” na barriga, ainda mais quando o veículo não está dentro do peso permitido e/ou está com excesso de peso em um dos eixos. Quando isso acontece, o motorista é parado pela fiscalização e ainda fica sujeito a multas. Mas, afinal, porque é importante fazer a distribuição da carga por eixos? Por que o peso é feito por eixo e não pelo peso bruto total?

Dividir corretamente o peso entre os eixos do caminhão é fundamental para amenizar o impacto que o veículo provoca no solo, além de diminuir os riscos de acidentes. Assim como o solo desgasta, o caminhão também foi projetado para aguentar um determinado peso por eixo. Partindo desse mesmo princípio, se tiver muito peso em um único eixo, ocorrerá o desgaste prematuro de peças e pneus, gerando custos adicionais de manutenção e gastos extras com o consumo de combustível.

Sem falar que cerca de 80% do transporte da produção brasileira é feita através de caminhões, que circulam com a mercadoria por todo o País. Por isso, é necessária a fiscalização nas rodovias federais e estaduais, que contam com centenas de postos com balanças de caminhões, e controlam o excesso de peso, garantindo, dessa forma, a segurança de todos na via.

Hoje, há no mercado modernas soluções de balanças que fazem pesagens por eixo. Uma das possibilidades é integrar a balança a um software de gestão, que identifique irregularidades por eixo e que ajude a melhorar ainda mais a distribuição da carga. Essas balanças devem ser utilizadas para prevenir o excesso de carga e, consequentemente, evitar multas e gastos adicionais.

Enfim, para evitar problemas com a carga, antes de sair com o caminhão, é preciso fazer a pesagem, controlar a carga e a sua distribuição por eixos, emitir relatórios, propiciando o gerenciamento.

O CONTRAN (CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO), através das Resoluções nº 12/98, 184/05 e nº 62/98, regulamentou os artigos 99 e 100 do Código de Trânsito Brasileiro, nos quais constam os limites para dimensões, peso bruto total e peso por eixo, que devem ser observados para todos os veículos de carga que circulam nas vias terrestres.

Todos precisam se equipar para cumprir a legislação, reduzir custos e garantir nossa segurança!

Para entender qual solução se aplica melhor ao seu negócio, entre em contato com a Toledo do Brasil.

Entenda mais sobre carga distribuída e peso correto e porque peso por eixo no veículo é muito importante.

Comentários

Artigos relacionados

What are you looking for?